Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Corpo de Bombeiro suspende projeto social no Núcleo Bandeirante

Postado por Simone de Moraes

8/04/2011 13:22


O mato está alto, o portão quebrado e o acesso restrito. O clube que já foi referência no Núcleo Bandeirante está abandonado. A área pertencia ao Sesi e era bem cuidada. No meio do ano passado foi repassada ao Corpo de Bombeiros, que passou a tocar projetos sociais no local.

Mas, de repente, o comando da corporação, resolveu devolver o espaço – segundo um bombeiro que não quis se identificar. “Nós não temos um local próprio para um lazer para as crianças. E tendo o clube, as crianças teriam, uma vez por semana, a prática de atividades. Agora eles estão cobrando essas atividades que eles perderam”, fala.

Um dos projetos que dependem do clube é o Bombeiro Mirim, que atende crianças com aulas de esporte em todo o Distrito Federal. Os idosos também usavam o espaço para pratica de atividades físicas. “Os idosos faziam hidroginástica, natação e outras atividades, mas agora não podemos nem entrar. A gente queria que o local fosse reaberto o mais rápido possível”, diz Lídia Alves, vice-presidente da Associação Rosas Prateadas.

Os projetos sociais dos Bombeiros do DF são previstos em lei e por isso não podem ser encerrados ou reduzidos de uma hora para outra. Atualmente, mais de oito mil pessoas são beneficiadas pelos programas.

A denúncia de esvaziamento dos projetos sociais foi protocolada na Câmara Legislativa. Junto com relatos de supostas reuniões em que o comandante-geral critica a participação de militares em projetos sociais.

O presidente da Comissão de Segurança, o deputado Aylton Gomes, considerou o fato grave e vai convocar o comandante para prestar esclarecimentos. “No blog do comandante ele informa que está retornando com os bombeiros que trabalham no projeto social para as unidades. A solução seria concurso para aumentar o efetivo. Isso eu reconheço, mas não pode acabar com os projetos sociais”, disse.

A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros informou que os projetos sociais estão mantidos. O que está ocorrendo, é o remanejamento de servidores e viaturas de socorro, porque falta pessoal. Há 11 anos não é realizado concurso.

As atividades serão mantidas com menos bombeiros realizando o mesmo serviço. Sobre o centro do Núcleo Bandeirante, a assessoria informou que o imóvel é da administração da cidade e que os bombeiros têm dificuldades para custear despesas como contas de água e luz. A maioria dos projetos fica na Ceilândia.

 

Fonte:  Leonardo Ribbeiro / Lázaro Aluisio

(http://dftv.globo.com/Jornalismo/DFTV/0,,MUL1658103-10039,00-CORPO+DE+BOMBEIRO+SUSPENDE+PROJETO+SOCIAL+NO+NUCLEO+BANDEIRANTE.html)

(Visited 1 times, 1 visits today)