Câmara em Pauta CLDF realiza sua primeira sessão remota em virtude do coronavírus
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

CLDF realiza sua primeira sessão remota em virtude do coronavírus

Com a participação de todos os parlamentares, a Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou na tarde desta terça-feira (24) sua primeira sessão virtual. A fim de evitar a contaminação e propagação do coronavírus, a sessão foi feita por videoconferência e conduzida, do plenário, pelo presidente da CLDF, deputado Rafael Prudente (MDB), e o vice-presidente, Rodrigo Delmasso (Republicanos). Os demais parlamentares manifestaram-se por conexão pela web, com imagens transmitidas ao vivo pela TV CLDF.

Como primeiro item da pauta, os 24 parlamentares aprovaram, pelo processo nominal, o projeto de resolução (PR 42/2020) que institui a Sessão Extraordinária Remota (SER), de autoria da Mesa Diretora. As sessões remotas devem ser convocadas com antecedência mínima de 24h e pauta constante no ato da convocação. A medida poderá ser usada apenas na situação da pandemia do vírus Covid-19, que inviabiliza a reunião presencial dos distritais.

Na sessão de hoje, o deputado Rafael Prudente garantiu que, no período de sessões remotas em virtude da pandemia do coronavírus, serão votadas apenas matérias consensuais. Prudente anunciou ainda que, a partir da próxima segunda-feira (30), a votação eletrônica deverá ser feita por aplicativo, o que dará maior celeridade ao processo.

Saúde – Os deputados aprovaram também duas propostas do Executivo, o projeto (PL 1.027/2020), que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2020, de forma a assegurar recursos para a incorporação da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (GATA) aos servidores da carreira de saúde do DF, bem como autoriza a criação dos cargos de analista e técnico de planejamento urbano e infraestrutura, e o projeto (PDL 96/2020), que homologa convênio de ICMS e reduz a base de cálculo deste imposto em insumos agropecuários.

Crédito – Na sessão extraordinária remota de amanhã (25), às 15h, devem ser apreciadas propostas de remanejamento de emendas parlamentares a fim de destinar crédito para situações de emergência ligadas à pandemia. No DF, até o momento, há 161 casos confirmados de coronavírus.

 

 

Franci Moraes

(Visited 1 times, 1 visits today)
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03