Câmara em Pauta Novo partido poderá ter tratamento diferenciado, diz Marco Maia
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Novo partido poderá ter tratamento diferenciado, diz Marco Maia

 

Portal da Câmara – O presidente da Câmara, Marco Maia, afirmou nesta quinta-feira, durante entrevista coletiva, que a chegada de um novo partido, o PSD, deve provocar mudanças tanto na estrutura física quanto na composição política da Casa. “O partido chega com força à Câmara, com projeções apontando que terá uma bancada de 45 a 50 deputados, podendo se transformar na terceira ou quarta maior bancada dentro da Câmara”, afirmou Maia.

O presidente ressaltou que o novo partido será composto em sua maioria por parlamentares experientes, muitos deles vindos de partidos de oposição ao governo. “A expectativa é que ele [o PSD] possa ajudar no processo de discussão e de debate na casa, sobretudo em razão da experiência de seus parlamentares”, disse. Ele acrescentou que aparentemente o partido comporá a base de sustentação na Câmara do governo Dilma Rousseff.

Problema
Marco Maia reconheceu, contudo, que terá problemas para atender a demandas do novo partido quanto a espaço e pessoal na estrutura da Casa. “Não é uma legenda que começa com 5 ou 10 deputados, mas, sim, um partido que chega com quase 50 parlamentares e que, portanto, merece um tratamento diferenciado para que possa ter uma atuação organizada dentro da Casa”, afirmou Maia.

“Ninguém pode imaginar que o PSD vai passar 3 anos e meio sem ter assessoria, sem ter espaço, embora ainda não se tenha uma solução para isso”, acrescentou.

(Visited 2 times, 1 visits today)
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03