Responsive Ad Slot

Nova Mesa Diretora anuncia suspensão de pagamento de diárias e passagens na CLDF

Postado por

24/08/2016 20:19


Crédito: CLDF

Em pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (24), o primeiro secretário em exercício da Câmara Legislativa, deputado Agaciel Maia (PR), anunciou que a Mesa Diretora vai suspender a destinação de verbas para diárias ou viagens de deputados, servidores ou prestadores de serviços da CLDF. De acordo com o parlamentar, a medida deve gerar economia anual de R$ 300 mil.

Essa é a primeira decisão anunciada pela Mesa Diretora em exercício, cuja composição é resultado da decisão judicial proferida ontem e que afastou do cargo a presidente da Casa, Celina Leão (PPS), e os secretários Raimundo Ribeiro (PPS), Julio Cesar (PR) e Bispo Renato Andrade (PR). Os titulares da Mesa Diretora são investigados por envolvimento em um suposto esquema de propina relacionado a emendas de um projeto que destinou cerca de R$ 30 milhões para o pagamento de UTIs por parte do GDF.

Em seus lugares, entraram os suplentes, Agaciel Maia, Lira (PHS), na Segunda Secretaria; Rodrigo Delmasso (PTN), na Terceira. Juarezão (PSB), vice-presidente eleito nesta segunda-feira (22), está à frente do Legislativo do Distrito Federal. A Mesa Diretora é responsável pela direção dos trabalhos legislativos e dos serviços administrativos da Casa, com mandatos de dois anos, vedada a recondução para o mesmo cargo, na eleição imediatamente subsequente.

Apurações – A sessão desta quarta-feira teve como destaque a cobrança de rapidez e cautela nas apurações das denúncias que envolvem parlamentares da Mesa Diretora. O corregedor da CLDF, Rafael Prudente (PMDB), trouxe o tema ao plenário e pediu cautela em relação as denúncias feitas pela também distrital Liliane Roriz (PTB). “Não podemos esquecer que todo e qualquer cidadão tem o direito à ampla defesa e ao contraditório, pois vivemos em um país democrático”, comentou o parlamentar.

Já o deputado Ricardo Vale (PT) cobrou medidas rápidas para o restabelecimento dos trabalhos da Casa, bem como a apuração isenta das denúncias, punição dos culpados, com transparência em todas as esferas do judiciais e legislativas. “Esperamos que a Mesa Diretora em exercício requisite a abertura imediata de representação no Conselho de Ética da Casa para apurar as denúncias relacionadas aos parlamentares implicados, em virtude dos claros indícios de quebra da Ética e do Decoro Parlamentar”, afirmou o distrital.