Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Cantora solta a voz no Presídio

Postado por Simone de Moraes

9/12/2011 0:28



Hoje o Presídio Feminino do Distrito Federal – Colmeia recebeu o show de lançamento do CD “A Voz da Liberdade” de Danila Alves. A cantora foi descoberta pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa do DF, no concurso “Miss Penitenciária” em agosto deste ano, quando cantou “Mulher Beleza”, canção de sua própria autoria e encantou a presidente da CDH, deputada Celina Leão (PSD).

Depois de um mês de trabalho com ensaios e produção de arranjos o CD começou a ser gravado e com ele veio a realização de um sonho,  que Danila guardava desde a infância, de gravar seu próprio CD. A jovem, que cumpre pena até o início de 2012, foi convidada para um projeto de enfrentamento ao crack e compôs uma canção chamada “Crack? Tô fora”.

Hoje, junto com o show da Danila na Colméia, foi lançado o projeto: “Crack ? Tô Fora!”. “O projeto foi inspirado em uma das canções da Danila, que aborda o crack e veio ao encontro da realidade que vivenciamos nas ruas e da necessidade de mudança emergencial no quadro que vem assustando o DF”, relata a deputada.

A música de Danila deve se transformar em um hino da campanha. “Sei o que o crack faz na vida das pessoas, tenho companheiras de prisão que são dependentes da droga. Quero levar minha música e os relatos que ouvi aqui dentro, para alertar as pessoas aí fora, que qualquer um está sujeito a dar o primeiro passo rumo ao crack e na maioria das vezes é um passo sem volta”, afirma a cantora.

A artista – Danila Tem 25 anos e cumpre pena há cinco anos na Colméia. Ela nasceu dentro do presídio, quando sua mãe cumpria pena por tráfico de drogas. Saiu aos seis meses de vida, para viver com sua avó materna, em uma cidade do interior de Goiás. Quando a avó faleceu, ela voltou para o DF para viver com sua mãe, que segundo ela, vivia em Ceilândia dentro de uma “boca de fumo”.

Se envolveu com álcool e aos 13 anos foi mãe de seu primeiro filho. O marido foi preso por tráfico de drogas e em uma visita de, ele a  pediu para que ela levasse drogas até ele. Danila foi presa em flagrante por porte de drogas em área de segurança. Em liberdade condicional, voltou à casa da mãe e acabou presa novamente, grávida do quarto filho. “É uma história repetida de falta de oportunidade, nasceu e cresceu no crime, sem chance de  seguir por outra via. Agora estamos dando uma oportunidade para ela viver do seu talento musical”, avalia Celina Leão. “Estou cheia de forças e esperança de sair daqui, mudar de vida e poder criar meus filhos com dignidade”, disse a jovem.

(Visited 1 times, 1 visits today)