Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Celina Leão convoca Governador sem ler Regimento Interno

Postado por Simone de Moraes

8/12/2011 23:15


Crédito:

Em reunião extraordinária na manhã desta quinta (08), a Comissão de Ética, Cidadania e Direitos Humanos (CECDH) , da Câmara Legislativa do DF, presidida pela deputada Celina Leão (PSD), requereu a convocação do governador Agnelo Queiroz (PT) para prestar depoimento na CLDF, mas o governador não pode ser convocado pela Câmara, conforme explicou o deputado distrital Chico Vigilante (PT).

Ela convocou também O secretário de governo, Paulo Tadeu, Paula Batista Araújo, SubSecretária de Governo) e João Dias Ferreira o ex-soldado da Polícia Militar (PM), que delatou um suposto esquema de corrupção envolvendo o Governador.

O objetivo é obter esclarecimentos com relação ao depoimento prestado ontem pelo Ex-PM, João Dias, na 5 Delegacia de Polícia e que foi publicado hoje pela revista Veja. Na tarde de ontem, o ex-PM, delator do suposto esquema de corrupção no Ministério dos Esportes foi preso ao invadir o Palácio do Buriti, agredir duas mulheres e um Policial e jogar dinheiro na cara do Secretário de Governo Paulo Tadeu.

Opiniões contrárias – Na Sessão Ordinária desta tarde, o líder do bloco PT-PRB, Chico Vigilante a tribuna para protestar contra o requerimento. Além de explicar o porquê de a CLDF não ter respaldo para convocar o governador, ele afirmou que desde o início do ano, fala-se em depoimentos gravados, mas nunca apareceram tais gravações porque, segundo ele, não existem. Chico disse ainda que o momento é de passar o GDF a limpo. “O crime organizado achou que ia capturar o governo do DF, mas não vai”, vociferou.

Pela primeira vez o deputado Patrício (PT) deixou a presidência para ocupar a tribuna e explicou a situação de João Dias, que pagou fiança e foi solto pelo crime de injúria contra a servidora, mas foi apreendido em seguida pela PM, pela agressão ao Militar, crime para o qual não há fiança.João foi transferido hoje para o presídio Militar na Papuda.

Mesmo com todas essas disposições em contrário, Celina Leão afirmou que como presidente da CECDH da Câmara, vai realizar sessão extraordinária na sexta (09), às 10h e tentará convocar João Dias, Paulo Tadeu e a secretária, Paula Batista e garantiu ainda que se não conseguir a aprovação do requerimento, vai ouvir o ex-PM oficialmente, como presidente da comissão.

Foto, CLDF.

(Visited 1 times, 1 visits today)