Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Secretário recebe representantes da União Européia e apresenta programas da SECT

Postado por Simone de Moraes

10/11/2011 5:18


Crédito:

O Secretário de Ciência e Tecnologia, Cristiano Araújo, recebeu o diretor de Relações Internacionais da Sociedade de Informação e Mídia da União Europeia, Eddy Hartog e o chefe da Sociedade de Informação e Mídia no Brasil, Conselheiro Paulo Lopes.

Na oportunidade foram apresentados pelo subsecretário de Políticas para Inclusão Digital, Odilon Neves, os projetos que a Secretaria de Ciência e Tecnologia (SECT) desenvolve: Ponto de Inclusão, Conecta DF e o Parque Tecnológico Capital Digital (PTCD). O secretário e as autoridades européias também concordaram em partilhar a sua experiência no domínio de ciência, tecnologia e inovação.

Cristiano Araújo destacou a relevância dessa troca de informações. “Precisamos observar como eles investem no setor, para aproveitarmos as melhores ideias”. Na reunião foi possível identificar as principais oportunidades e dimensionar o potencial de negócios do PTCD. “É uma oportunidade única para Brasília ganhar maior visibilidade em um ambiente que será referência na área”, concluiu.

Já Hartog enfatizou a importância da visita e disse que não é comum a prática de se reunir com poderes locais, normalmente isso acontece direto com o executivo. E que Brasília chamou a atenção pelos seus projetos. “A UE e o Brasil compartilham muitas metas. Brasília tem se destacado na forma como estamos abordando o potencial socioeconômico e os desafios das tecnologias de informação”. Disse ainda que o objetivo da reunião era o de estabelecer laços de cooperação com o Distrito Federal. “Queremos trocar informações sobre a nossa experiência real e amadurecida na Europa em prol do bem estar social dos cidadãos da cidade”.

A União Européia desenvolve a infraestrutura necessária para apoiar iniciativas pioneiras no setor de tecnologia. Para Cristiano, “apresentar o modelo da SECT é fundamental. O Brasil passa a ser parte da estratégia do programa da UE, voltado ao desenvolvimento tecnológico. Essa possibilidade de intercâmbio é muito válida para os dois lados”.

Ao final do encontro Hartog lembrou que a presidenta Dilma Roussef esteve recentemente em Bruxelas para participar da 5ª Cúpula UE-Brasil. Na ocasião representantes da UE e a chefe de Estado brasileira assinaram três Cartas de Intenção nas áreas de turismo, espaço aéreo e cooperação científica. A terceira carta de intenções foi assinada entre o Centro de Pesquisa da Comissão Europeia e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil. A ideia é compartilhar experiências em áreas como desastres naturais, mudança climática, segurança alimentar, biotecnologia e tecnologia da informação.

 

(Visited 1 times, 1 visits today)