Câmara em Pauta Fugitivo da Justiça, Allan dos Santos espalha fake news de vacinação infantil
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Fugitivo da Justiça, Allan dos Santos espalha fake news de vacinação infantil

Alvo de inquérito no STF por propagação de fake news, o blogueiro Allan dos Santos continua compartilhando informações falsas em seu grupo no Telegram. Desta vez, o bolsonarista deu força para a não vacinação infantil contra Covid-19.

Na última semana, a Anvisa aprovou a vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos, decisão criticada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). Allan dos Santos, por sua vez, também é investigado por ataques à ministros do STF, tendo prisão preventiva decretada em outubro por Alexandre de Moraes. O bolsonarista está foragido nos EUA com o visto de turista vencido, sendo procurado pela Justiça Brasileira e Interpol.

Segundo apurou o DCM, Allan descredibilizou imunizantes e resolveu apelar para a filha. De acordo com o blogueiro, a imunidade dela foi “destruída pela quantidade de vacina que ela tomou”. O bolsonarista disse ainda que “isso danificou o cérebro dela com meningite e encefalite”.

Só nesses argumentos, vemos duas informações falsas. Primeiro que a vacina contra Covid-19 não enfraquece o sistema imunológico. Segundo que meningite é uma inflamação rara de membranas que envolvem o cérebro, mas que se propaga por gotículas respiratórias no ar, como tosse e espirro. E encefalite uma inflamação do cérebro que se propaga por picadas ou ferroadas de animais ou insetos.

Mais mentiras de Allan dos Santos

Além de afirmar que todas as informações são comprovadas por médicos, o blogueiro diz ainda que “a quantidade de hidróxido de alumínio quebrou as barreiras que impedia o vírus subir para o cérebro” de sua filha. Outra mentira, sendo que a substância é presente em uma concentração incapaz de prejudicar um ser humano de qualquer idade ou condição física.

“Vários médicos comprovaram que a imunidade de minha filha foi destruída pela quantidade de vacina que ela tomou e isso danificou o cérebro dela com meningite e encefalite. A quantidade de hidróxido de alumínio quebrou as barreiras que impedia o vírus subir para o cérebro”, disse Allan.

“Quando vejo pessoas falando em ciência baseando-se em matérias jornalísticas e revistas médicas desonestas enquanto olho minha filha, não consigo ver saída para essa SUBMISSÃO IRRACIONAL que nossa sociedade está aceitando”, finalizou o blogueiro.

 

DCM

(Visited 1 times, 1 visits today)
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03