Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Três distritais do PT entre os melhores da Câmara

Postado por Simone de Moraes

12/11/2011 22:02


Crédito:

Noelle Oliveira_Brasília 247 – Se a aceitação do Partido dos Trabalhadores não vai bem no governo – 67,1% dos brasilienses desaprovam a administração de Agnelo Queiroz –, na Câmara Legislativa três dos quatro deputados mais bem avaliados são da legenda. Segundo pesquisa do instituto O&P Brasil, também responsável pelos índices referentes ao governo local, o deputado Chico Leite (PT) é considerado o melhor distrital. Foi citado por 7,2% dos entrevistados. Em seguida, vem Eliana Pedrosa (PSD), com 5,4% da preferência. Completam o quarteto vencedor, respectivamente, o presidente da Câmara Legislativa, deputado Patrício (PT), e o líder do PT na Câmara, Chico Vigilante.

Desde o início da legislatura, Chico Leite repete a colocação na pesquisa trimestral. Em maio, apareceu com 8% da preferência e, em agosto, com 8,4%. O parlamentar foi o mais bem votado nas últimas eleições, somando 36.806 votos – 2,61% do total. Para o distrital, o resultado da pesquisa aumenta a responsabilidade diante dos brasilienses. “Vejo isso como forma de reconhecimento e continuarei trabalhando para retornar à população essa confiança.” O deputado é o favorito entre a parcela da população que cursa o ensino superior ou já se formou. A região que mais aprova o petista é a definida pela pesquisa como grande Plano Piloto, que abrange Asa Sul, Asa Norte, Lago Sul, Lago Norte, Guará, Sudoeste, Octogonal e Cruzeiro.

Seguindo o placar das últimas eleições, em que também foi a segunda colocada, Eliana Pedrosa aparece na vice-liderança do ranking dos distritais. Ela tem 5,4% da preferência dos eleitores e também repete o resultado pela terceira vez. Em maio, tinha 7% da preferência. Em agosto, 5,4%. “Trabalho muito e cumpro meu papel como parlamentar, nas comissões, no plenário e ouvindo as reivindicações daqueles que me elegeram”, diz. A parlamentar, mais voltada à oposição, defende uma postura independente na Casa. “Meu interesse é defender a sociedade de Brasília, ser do contra só para não ser base não cabe mais.” Eliana foi eleita pelo Democratas (DEM), com 35.387 votos, e se filiou em agosto ao Partido Social Democrático (PSD).

Quarto mais votado, Patrício é o terceiro mais bem avaliado deputado distrital, de acordo com os números levantados pelo instituto O&P. Para o parlamentar, manter a posição é um desafio. “Como dirigente da Casa, os fatos negativos associados a ela acabam repercutindo muito na minha imagem”, avalia. Ele não teme, no entanto, que a má avaliação do governo Agnelo possa afetar seu eleitorado. “Cada um vai ser avaliado pelo que fez, mas tenho certeza de que se o atual governo tivesse mais firmeza estaria melhor na pesquisa”, acredita. “É preciso que o governo mantenha o comando nas secretarias, cobre metas, não pode deixar cada um fazer o que quer.”

O deputado Chico Vigilante desqualifica o levantamento. “Não acredito em pesquisas que podem ser facilmente manipuladas, mesmo com a minha boa colocação”, argumenta. Para Vigilante, o que garante o seu posicionamento junto ao eleitorado é o trabalho próximo à comunidade, voltado para questões sociais. “O distrital tem que se dedicar de forma permanente.” O instituto O&P Brasil entrevistou 900 pessoas de 4 a 7 de novembro, sendo a margem de erro da pesquisa de 3,3%.

Menos populares

Em último lugar no levantamento está o distrital Evandro Garla (PRB). O parlamentar só foi citado por 0,3% dos entrevistados. Ele é acompanhado por Rejane Pitanga (PT), com 0,4%, e Washington Mesquita (PSD), 0,5%, nas últimas colocações. Todos são marinheiros de primeira viagem na Câmara Legislativa.

Garla foi eleito pela coligação PRB-PTB. Se a Proposta de Emenda à Constituição 40 – que proíbe coligações nas eleições proporcionais para vereador e deputados estadual, distrital e federal e já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado – estivesse valendo, ele seria um dos que estariam fora da Casa. Seu partido não teria atingido o quociente eleitoral e, assim, não contaria com representantes no Legislativo local. O deputado não retornou o pedido do Brasília_247 para comentar sua posição na pesquisa.

Já a 23ª colocada, Rejane Pitanga, encara a posição com tranquilidade. “Acredito que isso tenha muito a ver com o fato de as pessoas ainda não me conhecerem, mas estou trabalhando muito e certa de que a tendência é melhorar.” Sexto deputado mais bem votado nas eleições, Washington Mesquita (PSD) também não se preocupa em ocupar o 22º lugar da pesquisa. “Trabalho de segunda a segunda, estou fazendo um bom mandato e minha consciência permanece tranquila”, diz. Eleito pelo PSDB, Mesquita teve 21.111 votos em 2010. Na pesquisa da O&P, 40,6% dos brasilienses responderam “nenhum” quando questionados sobre qual o melhor distrital na Câmara.

Ranking

Chico Leite (PT) – 7.2%

Eliana Pedrosa (PSD) – 5.4%

Patrício (PT) – 4.2%

Chico Vigilante (PT) – 4.1%

Cristiano Araújo (PTB) – 3.3%

Cláudio Abrantes (PPS) – 3.0%

Olair Francisco (PTdoB) – 2.7%

Dr Michel (PSL) – 2.7%

Raad Massouh (DEM) – 2.4%

Wasny de Roure (PT) – 2.2%

Liliane Roriz (PSD) – 2.0%

Rôney Nemer (PMDB) – 1.3%

Benício Tavares (PMDB) – 1.3%

Prof.Israel Batista (PDT) – 1.2%

Benedito Domingos (PP) – 1.2%

Celina Leão (PSD) – 1.1%

Agaciel Maia (PTC) – 1.0%

Wellington Luiz (PPL) – 0,7%

Luzia de Paula (PPS) – 0,6%

Joe Valle (PSB) – 0,6%

Aylton Gomes (PR) – 0,6%

Washington Mesquita (PSD) – 0,5%

Rejane Pitanga (PT) – 0,4%

Evandro Garla (PRB) – 0,3%

Nenhum – 40.6%

Não sabem/Não responderam – 8.8%

Fonte: O&P Brasil

(Visited 1 times, 1 visits today)