Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

“Flopou”: Vila Planalto não comparece a evento de Eduardo Bolsonaro

Postado por Simone de Moraes

8/11/2019 17:51


Crédito:


Apesar do Dudão se esforçar muito na divulgação, com direito a vídeo nas suas redes sociais, o público foi minguado. Não apareceram nem 40 pessoas na Vila Planalto, bairro central de Brasília.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) resolveu fazer, na na quinta-feira (7), na Vila Planalto, em Brasília, uma projeção em praça pública de “1964 – O Brasil entre armas e livros”, do Brasil Paralelo, um filme que nega a ditadura militar no Brasil.

Segundo a sinopse, a obra retrata a ditadura militar no Brasil por uma perspectiva alternativa que “revela uma verdade, até então, escondida”.

Apesar do Dudão se esforçar muito na divulgação, com direito a vídeo nas suas redes sociais, o público foi minguado. Não apareceram nem 40 pessoas, conforme se pode ver nas fotos publicadas no Twitter de Guga Noblat.
A projeção, que até a tarde desta quinta-feira não tinha autorização do governo do Distrito Federal (GDF) para acontecer, ocorreu a partir das 19h. A Vila Planalto fica muito próxima do Palácio do Planalto. É um bairro diferente da capital federal, que lembra muito uma cidade de interior e é conhecido por seus restaurantes.

No convite, o parlamentar afirma que o longa-metragem conta a “história do Brasil que desagrada o seu professor de história, que tenta te enviesar ideologicamente para que você acredite apenas no que ele diz, quando, na verdade, a história tem outra realidade”.
O evento é descrito como uma “sessão teste” para um projeto que seria executado em 2020 e chamado de “Cine Brasil”.

Da Revista Fórum

(Visited 1 times, 1 visits today)