Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Empresas e GDF assinam acordo, mas rodoviários não descartam greve

Postado por Simone de Moraes

7/07/2012 2:55


Crédito: Reprodu

Os donos das empresas de ônibus do Distrito Federal e o GDF assinaram um documento se comprometendo a pagar já na próxima semana o reajuste de 7,88% estabelecido em acordo coletivo firmado no ano passado com os rodoviários (+aqui). O acordo fechado nesta sexta (07), logo após uma reunião entre os empresários, representantes do GDF e dos motoristas e cobradores, mas os rodoviários anda não descartaram a possibilidade de greve.

Segundo o diretor geral do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Marco Antonio Campanella, a tentativa do GDF é de negociar para suspender a greve geral dos rodoviários, prevista para começar na segunda (09). O reajuste concedido deve ser retroativo a 1º de maio. A contrapartida que o GDF dá aos empresários é o compromisso de aprovar um novo marco regulatório para o sistema de transporte público do DF, ainda no segundo semestre.

Para Luiz Cláudio Galvão, representante do Sindicato dos Rodoviários do DF, houve avanços nas propostas apresentadas pelo governo, mas a categoria ainda não está satisfeita e somente a assembleia no domingo (08) deve definir se haverá ou não greve. “É preciso melhorar ou a greve vai ser inevitável”, disse Galvão, lembrando que a paralisação de 24 horas desta quinta (05) (+aqui) foi por conta do não pagamento do reajuste de 7,88%.

Leia também:

Licitação de ônibus continua suspensa

 

(Visited 1 times, 1 visits today)