Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Eurides Brito condenada a pagar indenização

Postado por Simone de Moraes

30/06/2012 12:40


Crédito: Divulga

 A ex-deputada e ex-secretária de Educação do GDF, Eurides Brito, mais conhecida como a “mulher da bolsa”, foi condenada pela Justiça do DF a pagar R$ 10 mil ao atual administrador de Águas Claras, Manuel Neto, por danos morais. Eurides acusou Neto de “ladrão e mentiroso” em um programa de TV.

 

Manuel Neto denunciou supostas irregularidades na gestão de Eurides, quando secretária de Educação. A decisão ainda pode ser contestada no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

A 4ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal recusou, por unanimidade, o recurso que Eurides havia interposto na 3ª Vara Cível de Brasília contra sua condenação inicial. Ao analisar o processo, a juíza da 3ª Vara avaliou que ex-distrital pretendia desmoralizar o denunciante para “neutralizar suas acusações".

 

Na sentença, a juíza afirmou que "houve abuso de direito da requerida (Eurides Brito) que lançou palavras ofensivas contra o autor (Manuel Neto), de certo, por acreditar estar agindo amparada pela inviolabilidade parlamentar e em razão da certeza de sua impunidade".

(Visited 1 times, 1 visits today)