Câmara em Pauta Um batalhão de 8.450 militares da reserva trabalham em comandos, ministérios e tribunais
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Um batalhão de 8.450 militares da reserva trabalham em comandos, ministérios e tribunais

Ao todo, 8.450 militares da reserva trabalham em comandos, ministérios e tribunais militares. Quase um batalhão inteiro. O número faz parte de levantamento feito pelo Poder360. Do montante, 4.451 são do Exército, 3.923 integram a Aeronáutica e 76 são ligados à Marinha.

Nas carreiras militares, a reserva não se confunde com a aposentadoria do mundo civil. Quem está em reserva remunerada está sujeito “à prestação de serviço na ativa, mediante convocação ou mobilização”, conforme dispõe o estatuto dos militares (Lei 6.880/1980). Assim, em situações extremas  — como estado de emergência ou guerra — eles ainda podem ser convocados para trabalhar.

Mas a contratação de militares da reserva é chamada de “tarefa por tempo certo” — no caso, de até dez anos. Quem assume a função recebe um bônus de 30% sobre o salário. O dado do Poder360 não contempla os inativos recontratados em cargos de comissão, informação que está sendo apurada pelo Tribunal de Contas da União.

Outro levantamento do portal mostrou que 2.930 militares da ativa atuam nos três poderes, dos quais 92,6% estão no governo federal, 7,2% no Judiciário e apenas um (0,03%) no Congresso. E 300 deles atuam em ministérios exclusivamente civis.

(Visited 1 times, 1 visits today)
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03