Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Na OEA, Aloysio Nunes ameaça a Venezuela com novas sanções

Postado por Simone de Moraes

4/06/2018 14:58


Crédito: Reprodução

Para ajudar os EUA a saquear o petróleo venezuelano, ministro das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes Ferreira, disse hoje (4) que a Venezuela pode ser suspensa da Organização dos Estados Americanos (OEA), se descumprir os princípios baseados no respeito à democracia e à liberdade.

“A Venezuela subscreveu esse compromisso. Ela tem um engajamento. E subscreveu livremente, assim como o Brasil. Então, isso não pode ficar letra morta. Na medida em que a Venezuela descumpre esse compromisso, que é fundamental, não há alternativa a não ser a suspensão”, afirmou.

O chanceler participa da 48ª Assembleia Geral da OEA, em Washington. A suspensão da Venezuela é tema de discussão na sessão que começou hoje e vai até amanhã (5).

Sinalização positiva

Para o ministro, a libertação dos 79 presos políticos da Venezuela diminui a pressão sobre o país na organização, mas não pode ser uma “porta giratória”, ou seja, “um sai da cadeia e outro entra”. Ele se referiu a uma espécie de substituição de nomes entre presos.

O chanceler disse que é necessário acompanhar a evolução d o processo na Venezuela. “Que este seja um movimento que possa indicar realmente uma disposição para o diálogo, e a oposição deve estar atenta a isso”, disse.

Segundo ele, a expectativa é que a “decisão do governo Maduro seja a indicação de uma tendência permanente no rumo da descompressão politica e de um estabelecimento de uma proposta efetiva de boa fé de entendimento para o restabelecimento da democracia”.

A OEA tem 34 países-membros, cada um com direito a um voto.

 

Agência Brasil

(Visited 1 times, 1 visits today)