Câmara em Pauta Gatunos pode, gata não:Deputado de MG leva gata para sessões e desagrada colegas
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Gatunos pode, gata não:Deputado de MG leva gata para sessões e desagrada colegas

Depois de passar dez dias no gabinete do deputado estadual Noraldino Júnior (PSC), uma gata batizada de “Nora” teve de ser retirada do local na semana passada. Presidente da Comissão Extraordinária de Proteção dos Animais da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o político contou que adotou o bichano porque tinha sido abandonado em uma casa em Macacos, na cidade de Nova Lima. O problema é que a gata acompanhou reuniões da ALMG e não agradou os colegas. Agora ela está sob os cuidados de uma família em Juiz de Fora.

De acordo com o deputado nascido em Juiz de Fora, o objetivo da adoção e de levar a Nora para a ALMG foi chamar a atenção para as consequências do abandono. “A Nora foi abandonada por uma família que se mudou de uma casa em Macacos e deixou ela e um cachorro lá. O cão já havia sido adotado e então eu levei a gatinha comigo para as reuniões. A ideia foi mostrar para as pessoas a importância da adoção e as consequências de abandonar um animal”, contou.

Durante os dias que ficou com Noraldino, a felina passava o dia na ALMG e à noite ia para a casa dele, em Belo Horizonte. De acordo com a assessoria de comunicação da ALMG, funcionários da Assembleia e parlamentares reclamaram sobre a presença do animal no gabinete e nas reuniões. Assim, no dia 21 de outubro a gata foi retirada do local pelo deputado,  após um pedido do presidente da ALMG, o deputado estadual AdalClever Lopes (PMDB).

“Muitos dos funcionários gostaram da Nora. Muitos até queriam para eles. Colocamos telas de proteção nas janelas do gabinete e ela fazia as necessidades fisiológicas em um pote de areia. Ela é muito dócil e conquistou vários, porém algumas pessoas reclamaram e o presidente veio até a mim. Depois de uma conversa amigável pediu para retirar a Nora da Assembleia. Eu acatei o pedido”, comentou.

Como a gata foi impedida de comparecer à ALMG, teve de ser levada para a casa do parlamentar em Belo Horizonte. Ele contou que os três cachorros que têm na residência na capital mineira não se adaptaram a presença da felina, que foi adotada pelos pais da assessora de comunicação do deputado, Nathalia Fagundes.

“Os cachorros do Noraldino estranharam a presença da gatinha lá. Eu me apeguei muito e tentei que ela ficasse comigo em Belo Horizonte. Contudo, meu gato também não se adaptou com a Nora e então eu a levei para a casa dos meus pais, em Juiz de Fora. Lá ela está bem cuidada, por enquanto ainda chama Nora, mas corre o risco de a minha mãe querer dar outro nome a ela”, brincou a assessora. (G1)

Gata Nora na ALMG (Foto: Nathalia Fagundes/Arquivo Pessoal)

(Visited 1 times, 1 visits today)
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03