Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Subsecretário de Políticas para a Criança defende mudanças urgentes no ensino brasileiro

Postado por Simone de Moraes

21/07/2011 9:45



 

Durante a 63ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC), que ocorreu neste mês em Goiânia, o subsecretário de Políticas para a Criança da Secretaria da Criança do Distrito Federal, Isaac Roitman, lançou o livro “A urgência da educação”, que teve como co-autor o professor Mozart Neves Ramos, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Na publicação, Roitman destaca a importância do ensino da ciência nos primeiros anos escolares, com o objetivo de desenvolver habilidades, definir conceitos, incitar a observação, o questionamento e a investigação sobre o desenvolvimento dos seres no ambiente em que vivem. “As descobertas científicas devem ser iniciadas no ensino infantil e continuadas em todas as etapas do processo educativo”, ressalta.

Segundo ele, a curiosidade das crianças não pode ser ignorada. Pelo contrário, é preciso estimular a grande facilidade que elas têm de aprender. E cita o exemplo da fala, que é uma capacidade adquirida sem nenhuma metodologia formal. “Elas ouvem, controlam seus sons e falam naturalmente”, comenta. Roitman explica que a aprendizagem deve ser conduzida valorizando os progressos cognitivos e as diversas expressões artísticas, como a pintura e a literatura.

Mas para que haja uma verdadeira revolução na educação brasileira, a qualificação dos professores é tida como prioritária, principalmente no que se refere ao ensino básico. Roitman afirma que a formação dos educadores deve levar em conta as transformações sociais ocorridas no século XXI, para que o estudante possa se identificar e, assim, manter o interesse pelas aulas. “Esse novo professor precisa ter remuneração equivalente ao topo dos cargos da administração pública. Suas condições de trabalho devem ser dignas, assim como os horizontes dessa carreira”, frisa.

Segundo ele, deve haver revisão nos conteúdos pedagógicos e aperfeiçoamento da gestão escolar. Para o especialista, os métodos de avaliação de rendimento dos alunos também inspiram mudanças. Roitman esclarece que não teremos avanços significativos se professores, pais e toda a sociedade não reconhecerem suas funções em um processo educacional que definirá não apenas o futuro das crianças, mas de toda a Nação.

O senador Cristovam Buarque (PDT/DF), que assina o prefácio do livro, ressalta também o dever do Governo de assegurar a qualidade da educação brasileira. De acordo com o parlamentar, a manutenção das escolas e o investimento em um plano de carreira para o magistério são desafios a serem enfrentados para que as crianças tenham boas perspectivas de desenvolvimento. Buarque enfatiza a necessidade imediata de a educação ser vista como base para o progresso do País. “Se iniciarmos agora, a total efetivação dessas ações se daria ao longo de 20 anos”, explica.

O lançamento do livro “A urgência da educação” está previsto para ser realizado ainda nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife.

(Visited 1 times, 1 visits today)