Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

O “boçal” Secretário de Cultura quer que ABC indique ao Oscar filmes “alinhado ao governo”

Postado por Simone de Moraes

17/08/2020 18:43


Crédito: PR

O secretário de Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias, ligou na semana passada para Jorge Pellegrino, presidente da Academia Brasileira de Cinema. O objetivo era influir na escolha do filme brasileiro candidato ao Oscar de 2021.

Frias disse a Pellegrino que não poderia se repetir o que ocorreu neste ano, em que o documentário “Democracia em vertigem”, de Petra Costa, fora o escolhido. Ele disse ainda que o filme para 2021 deveria estar mais alinhado com os objetivos do governo federal.

Além de arrogante e boçal, a postura de Frias revela ignorância com relação aos trâmites dos filmes brasileiros que virão a concorrer ao prêmio.

A Academia Brasileira de Cinema é um órgão profissional que tem total independência para escolher seus indicados. Além disso, a instituição recebeu uma carta da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood chancelando que somente ela é a responsável pela indicação do filme brasileiro. E que o governo brasileiro nada tem a ver com esse assunto.

O secretário também é totalmente ignorante sobre o filme de Petra Costa que foi inscrito no Oscar pelo seu produtor, o Netflix.

Com informações da coluna de Lauro Jardim e Revista Fórum

(Visited 1 times, 1 visits today)