Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Agosto Lilás: Contra a Covid-19 e a violência

Postado por Simone de Moraes

10/08/2020 17:01


Crédito: Divulgação

Cada uma escolheu uma abordagem diferente para falar de um tema espinhoso: a violência doméstica e familiar contra a mulher. Laura preferiu entregar a máscara, falar da importância da proteção no combate ao coronavírus e, em seguida, pediu licença para ter mais uns minutos de atenção da mulher abordada. “Posso te falar um pouquinho sobre a violência de gênero?”, perguntava.

Já Dorinha preferiu ir direto ao ponto e disparava: “Você sabe que a mulher não está só, que ela pode melhorar o currículo, ter atendimento psicológico, ter acesso a serviços e telefones para denunciar as agressões sofridas por elas?”, dizia ela, que, em uma das conversas, conheceu a história de uma feirante que veio do Piauí, fugida do marido agressor. A moça garantiu que passaria todas as informações à irmã, que é protagonista da mesma tragédia.

Laura Albuquerque é chefe da Unidade Móvel, e Maria Dasdoria  de Freitas é gerente de Diversidade, da Secretaria da Mulher. Ambas participam da ação realizada pela SMDF e pela Secretaria de Governo para distribuir 14.500 máscaras de tecido, até o dia 30 de agosto. Durante esse período, serão realizadas visitas a 20 feiras do Distrito Federal e do Entorno.

Mas não só isso. Em virtude das comemorações dos 14 anos da Lei Maria da Penha e do Agosto Lilás – mês de conscientização, em todo o país, sobre a importância da prevenção e do enfrentamento da violência de gênero – durante a ação, a equipe de servidoras da Subsecretaria de Promoção da Mulheres, da SMDF, também estará à disposição para orientar e acolher as mulheres que precisarem de informações sobre como buscar ajuda em caso de sofrerem violência doméstica.

Elas serão apresentadas aos Centros Especializados de Atendimento à Mulher (Ceam), aos Núcleos de Atendimento à Família e Autores de Violência Doméstica (Nafavd) e a projetos como o Mulher, Você Não está Só, um canal de comunicação da secretaria com as vítimas de violência. Também serão incentivadas a pedirem socorro em casos de agressão física, psicológica, sexual, moral e até patrimonial, além aprenderem a denunciar os abusos por telefone ou de forma on-line.

“Estamos muito felizes com essa parceria com a Secretaria de Governo porque compreendemos que, durante o Agosto Lilás, essa é uma excelente oportunidade de estarmos junto à comunidade para, não só conscientizarmos sobre o uso das máscaras, mas podermos identificar as mulheres que estejam vivendo uma situação de violência e dar a elas as informações e orientações necessárias”, acredita a secretária da mulher, Ericka Filippelli.

 O desafio é protegê-las

Outra missão do projeto é alertar as feirantes sobre a importância do uso da máscara no combate ao coronavírus. A proposta é que elas sejam replicadoras das orientações recebidas a respeito da necessidade de uso dos equipamentos de proteção contra a doença, em casa, no ambiente de trabalho, para sua família e entre os colegas de trabalho. Além disso, a equipe irá reforçar a necessidade de elas se manterem protegidas durante o expediente nas feiras, locais onde se concentram um grande número de pessoas.

“Fiquei muito feliz de ver a unidade móvel da Secretaria da Mulher levando esses serviços, não só para as feirantes, mas para os clientes e usuários das feiras. Toda iniciativa que visa levar melhorias e benefícios ao cidadão é bem-vinda”, afirma Alexandre Yanez, Subsecretário de Mobiliários Urbanos e Apoio às Cidades.

Gerente de Saúde e Educação da Secretaria da Mulher, Eliana Nunes abordava quem passava em frente à unidade móvel da SMDF, estacionada na Torre de TV. Entre outras informações, ela aproveitava o bate-papo para apresentar os cursos oferecidos pelo programa Oportunidade Mulher e reforçava: a autonomia financeira é um caminho para o empoderamento feminino.

A professora aposentada Mara Cristina de Souza, 53 anos, ficou interessada quando soube da oferta de capacitação gratuita. Durante a pandemia, ela começou a dar aulas de geografia e de história, como voluntária, para os alunos do Enem. Em isolamento, também aproveitou para fazer cursos on-line de espanhol e de culinária.

Quando soube do Oportunidade Mulher, quis saber como poderia aprender ou ensinar por meio do programa. Anotou as indicações e se despediu satisfeita. “O que sei fazer realmente é ensinar. Estamos sempre aprendendo também. Vivemos em um momento em que todos estão tão machucados que o mínimo que podemos fazer é ajudar também.”

 

SERVIÇO:

As visitas da unidade móvel serão de quarta a domingo, de 9h às 16h, até o dia 30 de agosto.

 

 CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

12/08 – FEIRA DOS IMPORTADOS DE TAGUATINGA

13/08 – FEIRA PERMANENTE DE BRAZLÂNDIA

14/08 – FESTA DA GOIABA DE BRAZLÂNDIA

15/08 – FESTA DA GOIABA DE BRAZLÂNDIA

16/08 – FESTA DA GOIABA DE BRAZLÂNDIA

19/08 – FEIRA PERMANENTE DA CIDADE ESTRUTURAL

20/08 – FEIRA PERMANENTE 210 DE SAMAMBAIA NORTE

21/08 – FEIRA PERMANENTE DO GAMA

22/08 – FEIRA PERMANENTE DE SÃO SEBASTIÃO

23/08 – FEIRA PERMANENTE DO NÚCLEO BANDEIRANTE

26/08 – FEIRA PERMANENTE DO RECANTO DAS EMAS

27/08 – FEIRA PERMANENTE DA M NORTE

28/08 – FEIRA MODELO 510 DE SAMAMBAIA SUL

29/08 – FEIRA DO GALPÃO CENTRAL DO GAMA DF

30/08 – FEIRA PERMANENTE DO RIACHO FUNDO II

 

 * Com informações das secretarias da Mulher e de Governo

(Visited 1 times, 1 visits today)