Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Totalmente desequilíbrado, Bolsonaro ataca a imprensa e manda jornalista ‘calar a boca’

Postado por Simone de Moraes

5/05/2020 11:10



O presidente Jair Bolsonaro atacou mais uma vez os jornalistas que aguardavam em frente ao Palácio da Alvorada na manhã desta terça-feira, 5. Irritado, o presidente chamou de “canalha” e “patifaria” reportando a Folha de São Paulo de hoje e mandou jornalistas “calarem a boca “.

“Só vou falar uma coisa e vou embora. Manchete da Folha de São Paulo de hoje: ‘Novo diretor da PF assume e acata pedido de Bolsonaro’. Que imprensa canalha a Folha de São Paulo ”, começou o presidente, após falar com alguns apoiadores ou aguardados.

Quando os jornalistas tentaram interromper o presidente para questionar se ele havia solicitado uma troca do superintendente da Polícia Federal do Rio, o presidente mandou, mais uma vez, que os jornalistas “calassem a boca”.

“Canalha é elogio para a Folha de São Paulo. O atual superintendente do Rio de Janeiro, que disse que não quer trocar por questões familiares, não tem nenhum parente investigado pela Polícia Federal, nem eu, nem meus filhos, zero. Uma mentira que a réplica da imprensa ou o tempo todo dizendo que meus filhos querem trocar ou superintendente. Para onde está indo o superintendente do Rio de Janeiro? Para ser o diretor executivo da PF. Ele vai sair da superintendência, são 27 superintendentes no Brasil, para ser diretor-executivo. E aí eu trocando ele, eu tendo influência sobre a Polícia Federal? Eu tenho influência. Isso é uma patifaria ”, disse Bolsonaro.

Uma repórter solicitada: “O senhor pediu…”, disse. “Cala a boca que eu não te pergunto nada. Folha de São Paulo, um jornal patife e mentiroso ”, rebateu Bolsonaro. “O senhor pediu uma troca, presidente”, insistiu em outro jornalista. ”Cala a boca, cala a boca”, repetiu o presidente.

“Está saindo e vai ser o diretor executivo a convite do atual diretor geral. Não interfiro em nada. Ele foi desafiado pelo meu e se eu tivesse ingerência na PF ele não iria lá. É uma mensagem que vocês podem oferecer. Não tenho nada contra o superintendente do Rio de Janeiro. Não interage com a Polícia Federal e está sendo convidado para ser diretor-executivo. É o 02. ”, disse. E concluiu: “Manchete canalha, mentirosa e vocês da mídia têm vergonha na cara. Grande parte só publica patifaria. E passem bem ”, falou antes de entrar no carro e deixar a Alvorada.

 

BrPolítico

(Visited 1 times, 1 visits today)