Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

IBGE lança seleções com mais de 200 mil vagas de níveis fundamental e médio

Postado por Simone de Moraes

5/03/2020 18:09



O Instituto Brasileiro de Geografia e Geografia (IBGE) finalmente divulgou os editais do novos processos seletivos simplificados nacionais com, nada menos que, 208.695 vagas!!! Desse total, 133.203 são para o quadro de recenseador, cargo que exige nível fundamental de formação escolar; e 28.138 vagas para agente censitário municipal e agente censitário supervisor, ambos de nível médio.

São 354 vagas para agentes e 2.571 para recenseador no Distrito Federal. 

De acordo com os editais, publicados no Diário Oficial da União desta quinta-feira (5/3) e no site Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), banca organizadora, as vagas são temporárias e há chances para todos os estados brasileiros! Os editais ainda reservam 5% das chances a pessoas com deficiência e 20% a candidatos negros.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses (recenseador) ou de cinco meses (agentes censitários municipais/agentes censitários supervisores), podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. Os profissionais contratados temporariamente pelo IBGE também terão direito a férias e 13º salários proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido pelos editais.

As vagas desse processo seletivo estão distribuídas por todos o país. Nos municípios maiores e em áreas remotas, as vagas são oferecidas por áreas de trabalho específicas. Essas áreas podem abranger bairros, favelas, localidades de difícil acesso, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas, por exemplo.

Neste processo seletivo há uma novidade, as pessoas que trabalharam recentemente como temporários, para o IBGE ou qualquer outro órgão público, também poderão ser recontratados, caso sejam aprovados nesses processos seletivos do Censo 2020.

Para ambas as funções dos processos seletivos, as provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas.
Confira as especificidades de cada nível escolar abaixo:

Nível fundamental IBGE

A remuneração do recenseador será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, de unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. O candidato poderá simular os valores aqui. 
A jornada de trabalho recomendável é de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento.
O treinamento, de caráter eliminatório e classificatório, será realizado pelo IBGE e terá duas etapas: autoinstrução e presencial.
As inscrições para recenseador devem ser feitas pelo site www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_ recenseador, de 5 a 24 de março. A taxa custa R$ 23,61.
A provas objetivas, única etapa da seleção, serão compostas por questões sobre português (10), matemática (10), ética no serviço público (5) e conhecimentos técnicos (25). A etapa terá duração máxima de quatro horas, com início às 13h do dia 24 de maio.
Os melhores colocados em cada município ocuparão a vaga de agente censitário municipal, que será o responsável pela coordenação da coleta do Censo 2020 naquela cidade. Os demais agentes censitários supervisionam as equipes de recenseadores.
O ideal é que os recenseadores aprovados no processo seletivo sejam moradores das próprias localidades onde irão trabalhar, para economia de custos com deslocamentos e maior produtividade nas visitas domiciliares.
A previsão é de que o resultado final seja divulgado em 3 de julho.

Nível médio IBGE

Já no caso dos cargos de nível médio, agentes censitários municipais ganham R$ 2.100 e agentes censitários supervisores ganham R$ 1.700, ambos para 40 horas de rabalho semanal.
Nestes casos, a taxa de inscrição custa R$ 35,80. As inscrições devem ser feitas pelo site: www.cebraspe.org.br/concursos/IBGE_20_AGENTE, também de 5 a 24 de março.
As provas objetivas serão compostas por questões de língua portuguesa (10), raciocínio lógico quantitativo (10), ética no serviço público (5), noções de administração/situações gerenciais (15) e conhecimentos técnicos (20). A etapa também terá duração máxima de quatro horas, com início às 13h do dia 17 de maio.
A previsão é de que o resultado final seja divulgado em 12 de junho.
Correio Web
(Visited 1 times, 1 visits today)