Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Governo de extrema-direita de Bolsonaro cassa aposentadoria de Sérgio Gabrielli

Postado por Simone de Moraes

25/12/2019 12:19


Crédito: Reprodução

A mando do governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro,  Controladoria-Geral da União (CGU) cassou a aposentadoria do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

O baiano ficou à frente da estatal entre 2005 e 2012, durante as gestões Lula e Dilma, e é investigado pelo Tribunal de Contas da União em processo que apura superfaturamento de obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

A decisão sobre a suspensão da aposentadoria de Gabrielli foi publicada no Diário Oficial da União desta terça (24). O texto informa que a CGU, com base em parecer de 6 de dezembro, entendeu que o ex-dirigente da estatal cometeu infrações disciplinares à frente do cargo.

Resposta de Sérgio Gabrielli

Vou recorrer à Justiça contra esta absurda decisão de perseguição política. Minha aposentadoria é resultado de 36 anos e dois meses de vínculo com a UFBa e portanto não tem nada a ver com a Petrobras.

Em relação aos fatos relacionados com a empresa não há qualquer indiciamento criminal e as investigações no âmbito do TCU são ainda investigações sem conclusões. A minha aposentadoria da UFBa é minha ÚNICA fonte de renda e portanto está absurda decisão da CGU é a condenação à morte econômica.

Vou lutar até o limite pelos meus direitos”, disse.

Aposentadoria de Jair

Em 1998, Jair Bolsonaro foi afastado do Exército por diversas irregularidades comprovadas, foi aposentado com apenas 33 anos e 15 anos de serviços prestados. Desde então, recebe em torno de R$ 10 mil aposentadoria, 63% acima do teto do INSS.

 

 

 

(Visited 1 times, 1 visits today)