Responsive Ad Slot

Distritais aprovam pagamento de empréstimo do GDF com transferência de imóveis

Postado por Luan

12/10/2016 17:14


Crédito: CLDF

Os deputados distritais aprovaram na sessão ordinária desta terça-feira (11), em primeiro e segundo turnos, além da redação final, duas proposições encaminhadas pelo Executivo que permitirão ao GDF quitar empréstimo de R$ 1,2 bilhão feito junto ao Instituto de Previdência dos Servidores do DF (IPREV), com a cessão de imóveis de propriedade da Terracap, em vários pontos da cidade, incluindo apartamentos e terrenos.

A primeira proposição aprovada foi o projeto de lei n° 1.252/16, que autoriza a Companhia Imobiliária de Brasília – Terracap, a doar vários imóveis do Distrito Federal ao patrimônio do IPREV. Foram 16 votos favoráveis e um contrário – do deputado Wasny de Roure (PT), que apresentou voto em separado no plenário, contestando a legalidade do pagamento.

A outra proposição que garantiu o pagamento do empréstimo por meio dos imóveis da Terracap foi o projeto de lei complementar n° 74/2016, também do Executivo, que autoriza o Distrito Federal a proceder a incorporação que menciona também ao IPREV. Na votação de segundo turno, foram 16 votos favoráveis e um contrário – também de Wasny de Roure.

O distrital petista contestou a legalidade da transação, defendendo que não houve manifestação oficial da autorização do Conselho Diretor do IPREV, nem da Terracap, que segundo frisou, também pertence à União, que tem 49% do seu patrimônio. “Esse processo pode acabar sendo judicializado, com prejuízo aos servidores que mantêm o IPREV”, advertiu Wasny.

Ao defender a aprovação dos projetos, o deputado Agaciel Maia (PTC), que presidiu a sessão, disse que as entidades citadas concordavam com o teor das matérias. Disse ainda que, conforme fora aprovado ano passado em plenário, o prazo para o GDF garantir o pagamento do empréstimo já estava no limite – o que justificava a tramitação em regime de urgência das matérias. Também lembrou que os imóveis a serem transferidos têm bom valor do mercado e que podem garantir lucro ao patrimônio do Fundo.

Parque do Gama – Por meio de emenda de plenário apresentada pelo deputado Chico Vigilante (PT), os distritais aprovaram autorização para que a Terracap substituísse 74 terrenos que seriam doados ao Iprev, no Setor Norte do Gama, para assegurar a implantação e consolidação do Parque Urbano e Vivencial do Gama.

Outra emenda aprovada ao projeto de lei n° 1.252/2016, também de Chico Vigilante, acrescenta artigo 7º à proposição, determinando que “enquanto o IPREV não possuir corpo funcional concursado, advocacia e receitas próprias, essa última viabilizada por taxa de administração, é de responsabilidade do Governo do Distrito Federal a guarda e manutenção dos imóveis transferidos”.

Concessão de Uso – Os deputados aprovaram ainda na sessão ordinária desta terça-feira, com o voto contrário dos deputados petistas Wasny de Roure, Chico Vigilante e Ricardo Vale, além de Renato Andrade (PR), o projeto de lei n° 1.112/2016, do Executivo, que autoriza as secretarias do DF a regularizarem por meio de concessão de uso, direito real de uso e outros tipos de parcerias terrenos ocupados por entidades sem fins lucrativos, em atividades culturais, religiosas e imateriais que tinham seu funcionamento prejudicado por falta de previsão legal. O projeto recebeu emendas de diversos deputados.

Os distritais aprovaram ainda o projeto de lei n° 1.180/2016, do GDF, que altera a Lei 366/2014, aumentando de dois para quatro anos o prazo legal para que a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab) realize concurso público para preenchimento de empregos por servidores de carreira. O governo alegou em seu pedido dificuldades orçamentárias para cumprir o prazo anterior previsto em lei.