Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Denúncia: em plena seca do Nordeste, água está sendo furtada

Postado por Simone de Moraes

21/05/2012 21:55


Crédito: Divulga

Em plena seca, em vez de abastecer a população nordestina em ao menos três estados, água tem sido desviada para atividades como cultivo de hortaliças e até para fabricação de gesso. Ações de fiscalização vêm sendo realizadas em áreas às margens de rios, barragens e adutoras flagraram vários casos de desvio da água, o que, segundo as companhias de saneamento, prejudica ainda mais o abastecimento das cidades em situação de emergência pela estiagem.

Pernambuco – Operações feitas pela Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento) com apoio da Polícia Militar em Pernambuco onde há 90 cidades em situação de emergência flagraram furto de água por fazendas e fábricas no sertão dos Estados, na região abastecida pela adutora do Oeste. A adutora abastece 13 municípios e 24 distritos no sertão pernambucano. De acordo com a Compesa, 80 litros por segundo estariam sendo desviados.

Na última terça (15), a ação flagrou duas fábricas entre os municípios de Ipubi e Ouricuri desviando água para confecção de placas de gesso. Também em Ouricuri foram localizados três tanques com capacidade de criação de mais de 50 mil peixes. Além disso, caminhões-pipa estavam sendo abastecidos com água da adutora. Em Parnamirim, foram flagradas fazendas que possuíam ligações clandestinas e irrigavam plantações de feijão. Já em Exu, outro flagrante encontrou hortaliças sendo irrigadas com a água furtada.

Bahia – Já na Bahia, mais de 240 municípios já decretaram situação de emergência pela estiagem. Por conta da seca, o governo suspendeu todas as outorgas de direito para captação da água para fins comerciais, como a irrigação. Operações policiais realizadas em bacias de rios no Estado flagraram captação irregular no rio da Prata e no rio e nas barragens Água Fria 1 e 2. Outras regiões nos municípios de Várzea do Poço, Várzea da Roça e São José do Jacuípe também estão sendo fiscalizadas.

No rio da Prata, responsável pelo abastecimento de 40% da cidade de Seabra, seis bombas foram apreendidas e a polícia desobstruiu duas barragens, além de apreender uma retroescavadeira no rio campestre. Em Vitória da Conquista, três bombas foram apreendidas e dois barramentos foram destruídos durante operações.

Sergipe – Sergipe já tem 18 municípios com decreto de situação de emergência. A Deso (Companhia de Saneamento de Sergipe), com o apoio da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual, tem feito ações de combate às ligações irregulares. De acordo com a Deso, desde 2011, municípios do semiárido foram alvo de operações, que flagraram uso não autorizado da água e outras irregularidades na captação.

A companhia afirmou que todos os proprietários flagrados desviando água estão respondendo criminalmente pelo furto. A Deso explicou que o abastecimento de água é afetado pelas fraudes, por conta de problemas como vazamentos ou ainda a perda de pressão na rede, o que provoca falta de água em áreas mais distantes ou situadas em ponto altos.

Com informações do Uol.

(Visited 1 times, 1 visits today)