Para proteger Temer, Janot pede que Supremo suspenda liminar da sua cassação

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, estranhamente pediu hoje (10) ao Supremo Tribunal Federal que casse a liminar concedida pelo ministro do STF, Marco Aurélio, que determina a continuidade do processo de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer, na Câmara dos Deputados. A atitude do Procurador foi considerada suspeita e governistas suspeitam que o Procurador queira proteger o vice-presidente acusado de dar golpe para tomar o lugar da presidenta Dilma Rousseff.