GDF deixou de executar R$ 251 milhões na Educação, diz distrital

Desde o retorno das atividades parlamentares, distritais têm denunciado a baixa execução orçamentária por parte do governo do Distrito Federal ao longo de 2015. Na sessão ordinária desta quarta-feira (17), o debate recaiu sobre os recursos destinados à educação. O deputado Rafael Prudente (PMDB) diz ter verificado uma sobra de R$ 251 milhões no orçamento destinado à pasta. “Falta planejamento e gestão. Falam de crise econômica, mas não executamos nem o previsto”, disparou.