Oscar 2021: A vida imitando a arte

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas vinha enfatizando a necessidade da diversidade de raça nos prêmios após os protestos #OscarsSoWhite de 2015 e 2016, quando seus indicados foram todos pessoas brancas.

Novos imaginários do cinema Ibero-americano em Lisboa

De Lisboa | Na fase final da programação da Lisboa – Capital Ibero-americana de Cultura um espaço para refletir sobre representatividade a partir dos cineastas ibero-americanos. A mostra No Escurinho do Cinema,

Guerra cultural: ex-agente duplo diz que CIA usa cinema e mídia para ‘implodir’ governos

Entre 2004 e 2011, o escritor e professor cubano Raúl Antonio Capote Fernández atuou, a pedido da inteligência cubana, como agente duplo infiltrado na CIA. Raúl Capote foi contatado muito jovem por pessoas ligadas à agência de inteligência norte-americana e convidado a participar de um projeto que pretendia criar uma “oposição de novo tipo” em Cuba, capaz de, após o desaparecimento de Fidel Castro, iniciar uma “revolução suave” que acabasse por derrubar o governo de Havana. A sua missão era formar líderes universitários e criar o projeto “Genesis”, com o objetivo de estabelecer em Cuba a estratégia do “golpe suave”, elaborada por autores como Gene Sharp.