Câmara em Pauta Mesmo denunciado, Bannon irá a estreia de filme do seu pupilo nos EUA
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Mesmo denunciado, Bannon irá a estreia de filme do seu pupilo nos EUA

Denunciado por desacato na invasão do Capitólio, Steve Bannon, ex-estrategista de Donald Trump, participará da exibição em Washington do filme “Nem tudo se desfaz”, que conta a ascensão de Jair Bolsonaro. Dirigido pelo ilustre desconhecido Josias Teófilo, o documentário estreou no Brasil no mês passado e não fez nem ruído nos cinemas.

A participação de Bannon na sessão nos Estados Unidos, prevista para novembro, foi comunicada por Teófilo na noite da última terça-feira (19/10), no lançamento da obra em Brasília. O filme, que entrevistou Bannon, também será exibido em Miami. Em junho, Bannon demonstrou interesse em distribuir o documentário no país (sic).

Naquele mesmo dia do anúncio de Teófilo em Brasília, Bannon seria denunciado pelo comitê parlamentar que investiga a invasão ao Congresso americano em janeiro. Por unanimidade, o colegiado aprovou uma acusação criminal de desacato contra Bannon, que se recusou a participar das apurações. Se for condenado, Bannon pode pegar até um ano de prisão.

Em agosto de 2020, Bannon foi preso sob a acusação de fraude pelo desvio de até US$ 1 milhão. Foi solto horas depois, depois de pagar uma fiança de US$ 5 milhões.

 

Com informações  de Guilherme Amado, no Metrópoles

(Visited 1 times, 1 visits today)
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03