Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Bolsonaro chama Haddad de ‘canalha’ e zomba do TSE

Postado por Simone de Moraes

9/10/2018 3:06


Crédito: Reprodução - Adriano Machado / REUTERS e PT

Sem nenhuma condição de conter o candidato mais fake news de toda história das eleições no Brasil, o TSE nada de costa para as insanidades do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro.

Nesta segunda-feira (8) com a arrogância que lhe é peculiar, se recusou a estabelecer qualquer tipo de acordo com a campanha do presidenciável Fernando Haddad (PT) contra a propagação de notícias falsas pelas redes sociais.

Bolsonaro chamou Haddad de “canalha” e disse que o adversário inventa mentiras contra ele, apresentando um banner, que segundo insinua, foi produzido pela campanha do adversário. Não provando, no entanto.

Para enfeitar sua característica belicosa da sua campanha, disse que: “O pau mandado de corrupto me propôs assinar ‘carta de compromisso contra mentiras na internet’. O mesmo que está inventando que vou aumentar imposto de renda para pobre. É um canalha! Desde o início propomos isenção a quem ganha até R$ 5.000. O PT quer roubar até essa proposta”, afirmou Bolsonaro, em mensagem publicada no Twitter.

Haddad durante o dia de ontem, tinha afirmado que tentaria estabelecer um protocolo ético com a campanha de Bolsonaro, para tentar impedir a divulgação de fake news pelas redes sociais, sobretudo pelo WhatsApp, onde sua campanha deita e rola. Segundo explicou o candidato, seria uma espécie de carta compromisso contra a calúnia e difamação anônima pela internet.

Apesar de Bolsonaro afirmar que o PT pretende “roubar” sua ideia de ter isenção no imposto de renda para quem recebe salário de até R$ 5 mil, a ideia não consta no plano de governo do candidato do PSL entregue ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE). O que prova que ele está mentindo.

(Visited 1 times, 1 visits today)