Câmara em Pauta Eduardo Cunha será denunciado na Corte Europeia dos Direitos Humanos pela ABGLT
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Eduardo Cunha será denunciado na Corte Europeia dos Direitos Humanos pela ABGLT

O Presidente da Câmara dos Deputados, em Brasília, Eduardo Cunha, é bastante conhecido por suas decisões polêmicas e declarações homofóbicas, seguindo a maré de Marco Feliciano, Jair Bolsonaro, Levy Fidélix e outros políticos homofóbicos. O autor dos projetos de lei que penaliza a discriminação contra heterossexuais e institucionaliza o “Dia do Orgulho Hétero” vai ser denunciado na Corte Europeia dos Direitos Humanos pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT.

A acusação da organização é que Cunha estaria usando o seu mandato para promover a desigualdade humana, a perseguição das minorias, como indígenas, mulheres e a comunidade LGBT, assim como praticar o fundamentalismo religioso. Para provar, o grupo recorre a declarações do político, que podem ser encontradas em seu perfil pessoal do Twitter e em seu próprio site, como:

“Há demandas insufladas pela TV (…) Na medida em que os militantes gays não queiram substituir a família tradicional, nada contra eles e contra o seu comportamento. O que não podemos permitir é que isso vire uma família”.

“Estamos vivendo a fase dos ataques, tais como a pressão gay, a dos maconheiros, abortistas. O povo evangélico tem de se posicionar”.

Sobre a segunda declaração, Cunha fez diversos esforços para que o Deputado e Pastor Marco Feliciano assumisse a presidência da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara. Além da cadeira, cerca de 13, dos 18 titulares, eram políticos da bancada evangélica do Parlamento, que chegou a ser presidida por Cunha.

A ação é uma resposta a Eduardo Cunha que afirmou que entraria na Corte Europeia de Direitos Humanos por se dizer perseguido pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

 

Leia mais aqui

(Visited 1 times, 1 visits today)
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Chave PIX:

13.219.847/0001-03

Nos apoie:

Chave PIX:

13.219.847/0001-03