Saia justa entre CQC e jornalistas de Brasília

Postado por Simone de Moraes 22:24:00 19/04/2012

Crédito :

 

 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal distribuiu nota nesta quinta-feira exigindo providencias das assessorias e cerimonias contra os “abusos da equipe do CQC”, no sentido de garantir condições de trabalho aos jornalistas de Brasília prejudicados pelo deboche dos integrantes da equipe do programa de TV.

As reclamações que culminaram com a nota do SJPDF diz respeito ao mais recente episódio patrocinado pelo CQC, quando na visita da secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, o humorista Mauricio Meirelles atrapalhou a gravação de outras emissoras de TV ao gritar que amava a secretária de Estado americana e tentar entregar a ela uma máscara de Carnaval e ao presenteá-la com um charuto.

Leia nota completa:

Nota de Protesto

Abusos da equipe do CQC exigem uma atitude das assessorias de imprensa e cerimonial para garantir condições de trabalho aos jornalistas

Este Sindicato recebeu nas últimas horas dezenas de reclamações relativas a forma como integrantes do programa humorístico  CQC  tem se comportado em entrevistas coletivas e solenidades governamentais. O episódio mais recente e gravoso ocorreu na visita da Secretária de Estado dos EUA. Tal comportamento tem gerado constrangimentos e atritos que frequentemente prejudicam o bom desempenho dos profissionais de imprensa, muitas vezes precipitando o encerramento das coletivas e solenidades, e resultando em maior a restrição no acesso dos jornalistas às autoridades.

Sem desmerecer o trabalho humorístico, acreditamos que nossa sociedade carece, em maior grau, de informações de qualidade, e neste sentido, defenderemos sempre a preponderância da atividade jornalística sobre a humorística.

Aos responsáveis pelas Assessorias de Imprensa e Cerimonial de Governo - especialmente da Presidência da República e do Ministério das Relações Exteriores - solicitamos a adoção das medidas necessárias para garantir tal preponderância. Não nos consta que em qualquer outro lugar do mundo profissionais de imprensa e humoristas recebam o mesmo tipo de credenciamento.  

Aos colegas jornalistas colocamos nosso departamento jurídico a disposição para eventuais ações judiciais por danos morais ou físicos.

E por fim suscitamos aos profissionais do  CQC  uma reflexão sobre seu   modus operandi,   levando em consideração princípios como respeito e profissionalismo. 

Diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do DF

Disqus
Facebook
Twitter
Assine nosso Boletim

Camara em pauta

© 2010-2013. Todos os direitos reservados