Responsive Ad Slot

Funcionário de Jair Bolsonaro pede no STF a realização de operações policiais em universidades

Postado por Simone de Moraes

29/05/2019 17:07


Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, Advogado Geral da União (AGU) pediu a realização de operações policiais em universidades, segundo ele, por uma posição “técnica” (sic). Para Mendonça, funcionário de Jair Bolsonaro, a iniciativa visa proibir viés ideológico de professores em ambientes públicos (sic)

Mendonça teve a desfaçatez de negar que seu pedido viole liberdades ou incentive a censura. Na sua parca visão, professores precisam debater, inclusive temas polêmicos, mas não podem “militar”, como ele está fazendo na AGU, por se tratar de espaços “públicos”.

A AGU, segundo ele, não é público.

“Professores precisam ter um comportamento imparcial, tem assunto polêmico, é natural que se debata. Agora, o que não pode haver é uso de professor sendo tendencioso. Seja professor de direita ou de esquerda, que não atue como militante, sem carga ideológica”, disse o ministro, questionado pelo blog sobre o motivo do posicionamento na manifestação ao STF.

André Mendonça afirmou, ainda, que de “maneira alguma” a manifestação tem por objetivo censurar a liberdade dentro das universidades. “Os alunos podem se expressar, usarem suas camisetas, foi uma decisão técnica”.

(Visited 1 times, 1 visits today)