Responsive Ad Slot

Parlamentares evangélicos reclamam da liberação de verbas da Secretaria de Cultura

Postado por Simone de Moraes

9/11/2017 13:15


Crédito: Carlos Gandra

Acostumados a mamar nas tetas do governo, parlamentares evangélicos da Câmara Legislativa,  reclamaram, durante a sessão ordinária da última terça-feira (7), da falta de agilidade da Secretaria de Cultura em liberar verbas para as comemorações do Dia do Evangélico, evento que acontece dia 30 de novembro. “Nessa ocasião, levamos a palavra, mas também educação e cultura. E temos uma cultura, a gospel” (sic), frisou o deputado Bispo Renato Andrade (PR), que puxou o assunto.

O deputado Rodrigo Delmasso (Podemos) observou que o Dia do Evangélico “não é a comemoração de uma religião, mas uma celebração da Reforma Protestante”, que está completando 500 anos. Por sua vez, o deputado Julio Cesar (PRB) disse ser necessário “bater à porta da Secretaria de Cultura para que ajude o segmento evangélico”. E reclamou do que considera excesso de exigências para os eventos do setor: “Para as nossas atividades são necessárias emendas parlamentares destinados verbas, o que não é cobrado de outros segmentos”.