Responsive Ad Slot

De volta, Cristina Kirchner conquista vaga no Senado

Postado por Simone de Moraes

23/10/2017 7:14


Crédito: Reprodução

A ex-presidente argentina Cristina Kirchner (2007-2015) conquistou neste domingo (22) uma cadeira no Senado, onde tentará liderar a oposição ao presidente Mauricio Macri.

Kirchner, de 64 anos, comemorou dizendo: “É necessário colocar um freio em Macri”.

Macri pediu votos para o candidato a senador Esteban Bullrich para evitar a “volta do populismo”, palavra que utiliza para definir os 12 anos de governo do kirchnerismo.

Com 98% das urnas apuradas, Bullrich tem 41,35% dos votos e Kirchner 31,26%. Três vagas estavam em disputa ao Senado pela província de Buenos Aires.

Outro ex-presidente peronista, mas identificado com a direita do partido, Carlos Menem (1989-99), de 87 anos, conseguiu a reeleição como senador pela pequena província de La Rioja (noroeste).

Menem recebeu 44,1% dos votos, sendo superado pelo candidato macrista Julio Martínez, que registrou 44,7% dos votos. Ambos garantiram suas cadeiras no Senado.

Com a reeleição, o ex-presidente mantém a imunidade parlamentar e o foro privilegiado, o que evita seu envio para a prisão.

Menem foi condenado a sete anos de prisão pela venda de armas e munições a Croácia e Equador, apesar da adesão da Argentina a um embargo internacional porque estes países estavam em guerra contra a Sérvia e o Peru, respectivamente. Também foi condenado a 14 anos de perda dos direitos políticos.

Menem apelou contra sua inabilitação para exercer cargos públicos e foi autorizado a voltar a disputar eleições.

 

Com informações da AFP*