Responsive Ad Slot

Arbitrariamente, PF prende blogueiro Eduardo Guimarães em SP

Postado por Simone de Moraes

21/03/2017 11:32


Crédito: Reprodução

Agentes da Polícia Federal estiveram na manhã desta terça-feira na residência do blogueiro, Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, e o conduziram coercitivamente até a sede da Superintendência Regional de São Paulo, no bairro da Lapa. A ação, por enquanto, mostra-se arbitrária.

Eduardo Guimarães está incomunicável na sede da Polícia Federal, em São Paulo. A informação sobre a condução do blogueiro foi divulgada pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP) através de sua conta no Twitter.

Blogueiro incomunicável

Teixeira afirmou: “A censura voltou. A Lava jato prendeu Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania”. Guimarães foi retirado de casa, no bairro Paraíso, em São Paulo, às 6 horas da manhã e os policiais o impediram de falar com seu advogado, o que pode ser caracterizado com obstrução ao direito de defesa.

“As causas da detenção de Guimarães ainda não estão claras, mas o advogado Pedro Serrano confirmou o fato. Disse que Eduardo está incomunicável e informou que outros advogados que se encontram na sede da PF paulista não conseguiram contato com ele.

“Uma das hipóteses da condução do blogueiro é o fato do Blog da Cidadania ter afirmado, há mais de um ano, que a Polícia Federal estaria antecipando informações para a chamada “grande imprensa” sobre a condução coercitiva do ex-presidente Lula alguns dias antes dela ocorrer em 4 de março de 2016″.

“Ameaça” à Moro

Em meados de fevereiro Eduardo Guimarães foi intimado pela Polícia Federal a comparecer à Superintendência de São Paulo para prestar esclarecimentos a respeito de supostas ameaças que teria feito ao juiz Sergio Moro, 13ª Vara Federal de Curitiba e responsável pela Operação Lava Jato.

Eduardo Guimarães negou que as mensagens no Twitter tivessem qualquer tipo de ameaça ao juiz Sergio Moro. Ele afirmou, ainda, que demonstrará isso às autoridades.

 

 

Fonte: Vermelho.org