Responsive Ad Slot

PMDF pretende comprar 192 Corollas por quase R$ 20 milhões

Postado por Simone de Moraes

28/12/2016 11:47


Crédito: Reprodução

Em época de crise e falta de dinheiro em caixa alegada pelo Governo do Distrito Federal, o Comando da Polícia Militar resolveu se dar ao luxo de comprar 192 Corollas ao custo de R$ 100.300,00, cada um. No total, R$ 19,2 milhões, fruto de dinheiro público.

No site da Toyota, empresa fabricante do carro, o valor inicial do veículo é de R$ 85 mil.

A milionária aquisição da PM foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (27), com data de ontem. Na publicação, há ainda há compra de 16 Hilux cabine dupla 4×4 flex ao custo unitário de R$ 134.854,00. O total: 2,1 milhões.

A PM também resolveu comprar mais 82 unidades do pequeno carro Etios Hatch. O total é de R$ 475 mil. Todos os carros são da Toyota.

TRECHO DO DIÁRIO OFICIAL

A autorização está assinada pelo ordenador de despesas Francisco Eronildo Feitosa Rodrigues, do Departamento de Logística da PMDF.

O DODF diz que os veículos policiais serão caracterizados e descaracterizados para uso no policiamento, patrulhamento e serviço velado da Polícia Militar.

Em nota, a PM informou que ‘a aquisição das viaturas operacionais pela PMDF atendeu todas as exigências da lei de licitações’. “O processo de aquisição levou em consideração vários critérios para a especificação do veículo, dentre os quais a segurança do policial militar e o melhor desempenho para a atividade de policiamento, que foram estabelecidas por uma comissão de estudos do Estado Maior da Corporação. O valor final do veículo já inclui todos os itens indispensáveis para o serviço policial militar: identificação visual, sirene, luzes de emergência e um moderno sistema de comunicação”, disse a assessoria.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol), Rodrigo Franco, considerou a compra da PM é ‘um absurdo’. “No edital falam que são carros para fazer o serviço velado (viaturas descaracterizadas). Esse é um dos principais equívocos na – falta – de políticas de segurança de governo. Há centenas de viaturas da PM rodando descaracterizadas. Com centenas ou milhares de policiais militares ‘trabalhando’ sem uniforme. Por isso há uma imensa sensação de insegurança. Os bandidos pintam e bordam nas ruas e todo mundo reclama que não vê viatura na rua”, disse Franco

Diário do Poder.