Responsive Ad Slot

Michel Temer nega que recebeu 10 mihões, mas executivo da Odebrecht apresenta email

Postado por Simone de Moraes

11/12/2016 9:25


Crédito: Reprodução

Definitivamente a casa caiu para o golpista Michel Temer. Traidor da República, e mentiroso por índole, ontem (10) logo depois que os jornais estamparam que ele exigiu da Odebrecht o pagamento de R$ 10 milhões em propina, dinheiro recebido em uma mala dentro do Palácio do Jaburu, ineditamente a assessoria de imprensa da presidência divulgou nota desmentindo a delação do executivo da Odebrecht.

O presidente Michel Temer repudia com veemência as falsas acusações do senhor Cláudio Melo Filho. As doações feitas pela Construtora Odebrecht ao PMDB foram todas por transferência bancária e declaradas ao TSE. Não houve caixa 2, nem entrega em dinheiro a pedido do presidente

Apesar do desmentido, o golpista Michel Temer, foi pego de surpresa com a divulgação dos e-mails trocados pelo presidente da empresa Marcelo Odebrecht e seus executivos, provando que os pagamentos foram feitos pelo departamento de propina da Odebrecht.

No email, Marcelo diz que só aceitou pagar “depois de muito choro” e que este seria o último pagamento ao “time de MT”, Michel Temer.

Dos R$ 10 milhões, R$ 6 milhões teriam sido destinados à campanha de Paulo Skaf ao governo de São Paulo. Os R$ 4 milhões restantes teriam sido distribuídos a Eliseu Padilha, Yunes, o amigão de Temer, e a Eduardo Cunha, que está preso em Curitiba.

Não há mais nenhuma dúvida que a permanência do golpista Michel Temer no Palácio do Planalto, é insustentável.