Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Intérprete de libras pode se tornar obrigatório em órgãos públicos

Postado por Simone de Moraes

11/12/2015 16:20


Crédito: Reprodução

Imagine a dificuldade que um deficiente auditivo enfrenta ao realizar tarefas simples, como fazer compras, pedir informações ou resolver questões relacionadas ao governo. A falta de acessibilidade é uma reclamação mais do que recorrente. Mas o projeto de lei 1765/2014, de autoria do deputado Robério Negreiros, torna obrigatória a presença de intérprete de libras em todos os órgãos do GDF.

Essa seria também uma forma de popularizar a linguagem de sinais. Caso a proposta seja aprovada, o deficiente auditivo conseguiria se comunicar com mais pessoas no dia a dia e teria uma relação mais harmoniosa com o governo. Além disso, as peças publicitárias deverão também vir acompanhadas de

O autor da proposta afirma que não existem dificuldades na implantação do projeto. Para Robério Negreiros, nem mesmo os tempos de crise financeira podem ser obstáculo para a sanção. “É uma medida que não gera grandes custos, porque não será necessário contratar servidores que conheçam a Língua Brasileira de Sinais. É necessário apenas treinar uma parcela dos funcionários”, garante o distrital.

A proposta está sendo analisada pela Comissão de Assuntos Sociais da Câmara Legislativa.

(Visited 3 times, 1 visits today)