Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Celina Leão aprova título “post mortem” para João Goulart

Postado por Simone de Moraes

26/08/2015 10:46


Crédito: Reprodu

A Câmara Legislativa aprovou, na noite desta quinta-feira (25), projeto de decreto legislativo que concede título de cidadão honorário post mortem a João Goulart e reascendeu a discussão sobre a concessão de um terreno para instalação de memorial em homenagem ao ex-presidente. Os deputados distritais aproveitaram para aprovar também uma moção pedindo ao governador Rodrigo Rollemberg que reveja a decisão de impedir as obras de construção do memorial, atendendo a recomendação do Ministério Público. Acompanharam a sessão João Vicente Goulart, filho de Jango, e sua esposa, Verônica Goulart.

Segundo a presidente da Câmara e autora do PDL, deputada Celina Leão (PDT), o título é uma forma de contribuir para "a correção de uma injustiça ao homem que enfrentou a ditadura de frente e pagou um preço alto por isso, morrendo fora de seu País". Vários deputados apoiaram o posicionamento da presidente.

Professor Israel (PV) lembrou que João Goulart foi derrubado por tentar implantar as reformas de base e foi sob seu governo que se estabeleceu a concepção revolucionária da Universidade de Brasília. "Brasília começa a superar o apagão de nossas personalidades políticas", comemorou Wasny de Roure (PT) referindo-se à decisão de dar o nome do ex-presidente ao viaduto em frente ao Núcleo Bandeirante.

Ricardo Vale (PT) destacou a importância da homenagem "nesse momento em que setores retrógrados defendem a volta do militarismo" e defendeu a ideia do memorial. "A história é teimosa, ela volta", reforçou Raimundo Ribeiro (PSDB) referindo-se à moção de 60 senadores pedindo a restituição da obra do Memorial Liberdade e Democracia Presidente João Goulart.

 
 
 
 
 
Zínia Araripe
(Visited 1 times, 1 visits today)