Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Agnelo veta “Estádio Mané Garrincha”

Postado por Simone de Moraes

6/06/2012 1:50


Crédito: Divulga

Nesta terça (05) o governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) vetou o projeto de lei que concedia o nome de Mané Garrincha ao novo Estádio Nacional de Brasília. A proposta de autoria da deputada Liliane Roriz (PSD) havia sido aprovada pela maioria dos deputados da Câmara Legislativa, mas rejeitada pelo chefe do Executivo local, que alegou que a responsabilidade de batizar o novo estádio é da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), proprietária da arena.

A justificativa do veto do Buriti baseou-se em lei de 1972, texto escrito antes mesmo da criação da Lei Orgânica e isso tem causado especulações de que o veto teria sido para não despertar a revolta da base aliada, por que o projeto é de autoria de uma oposicionista. Com o veto, o projeto volta para a Câmara Legislativa, onde será reanalisado pelos distritais. O GDF afirma que o nome do estádio será o que foi anunciado em janeiro último: "Estádio Nacional Mané Garincha".

A deputada classificou como lamentável que questões meramente políticas serem colocadas acima da história da cidade. Liliane lembrou que o nome Mané Garrincha, além de fazer justa homenagem ao campeão mundial do futebol da década de 1960, já é uma referência para os brasilienses.

O antigo estádio Mané Garrincha foi demolido totalmente em maio do ano passado, para a construção da nova arena que deve receber a abertura da Copa das Confederações, no ano que vem, e jogos da Copa do Mundo de 2014. De acordo com a Câmara Legislativa, mais de R$ 822 milhões já foram direcionados para o novo estádio.

(Visited 1 times, 1 visits today)