Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Chico lamenta a vitória do crime organizado articulado com cartel do combustível

Postado por Simone de Moraes

30/04/2012 19:01


Crédito: Postado por Carlos Mauricio Farjoun

 

 

 

O deputado Chico Vigilante (PT) acaba de distribuir nota à imprensa, sobre a emenda ao Projeto de Lei 01/2011 da sua autoria, que envolve o deputado Agaciel Maia (PTC) e Raad Massouh (PPL), com o grupo de Carlinhos Cachoeira. A matéria divulgada no DFTV 1ª edição, mostra a gravação onde José Olímpio Queiroga – apontado como um dos chefes do grupo de Cachoeira – é cobrado por um homem identificado como Ricardo Porto, que pergunta por que o deputado Agaciel Maia (PTC) não votaria a favor da emenda como teria sido combinado previamente.

A emenda proposta pelo deputado Raad Massouh, foi votada e aprovada no 15 de junho do ano passado, e prevê que a instalação de postos de combustíveis em supermercados e shopping, só será possível para empresas que tenha conseguido o licenciamento após a aprovação do projeto de lei. As investigações da PF mostraram que o grupo ligado a Cachoeira tinha interesse na aprovação da emenda, e influenciou na votação.

Na nota o deputado Chico Vigilante (PT) lamenta o ocorrido e diz que “a denúncia confirma aquilo que eu bradei aos sete ventos por ocasião da tentativa de aprovação da emenda 8. A minha suspeita era exatamente esta e ela se confirma agora: esta é a força dos agentes do cartel".


Veja na integra a nota distribuída pela assessoria do deputado Chico Vigilante (PT)


Com muito pesar, verdadeira tristeza, venho a público me manifestar sobre a denúncia que foi ao ar no DFTV 1ª edição desta segunda-feira (30 de abril). Poderia dizer que não me causa surpresa, mas estou sim estupefato, apesar de ter dito e repetido diversas vezes que o crime organizado estava por trás da aprovação do projeto de lei complementar no 01/2011, de minha autoria, na Câmara Legislativa.


A denúncia confirma aquilo que eu bradei aos sete ventos por ocasião da tentativa de aprovação da emenda 8. A minha suspeita era exatamente esta e ela se confirma agora: esta é a força dos agentes do cartel.


Quantas vezes, nesta que é uma luta que travo sozinho desde à época da CPI dos Combustíveis, tenho falado da existência de um grupo ligado ao crime organizado combatendo duramente a aprovação do PLC 01/2011, que prevê a instalação de postos de combustíveis nas imediações dos supermercados aqui no DF.


O objetivo do PLC é um só: aumentar a concorrência no setor de combustíveis aqui no DF, quebrar o cartel e reduzir os preços a exemplo do que aconteceu em outras cidades do País e no exterior, como apontam estudos do Ministério da Justiça.



Chico Vigilante (PT)

Líder do Bloco PT/PRB na Câmara Legislativa

(Visited 1 times, 1 visits today)