Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Polícia pede ajuda da comunidade para avançar nas investigações do “Caso Pedrosa”

Postado por Simone de Moraes

9/12/2011 21:28


Crédito:

A reportagem do Câmara em Pauta falou há poucos minutos com o delegado-adjunto George Estefani Couto, da 9 Delegacia de Polícia do Lago Norte, que investiga o acidente com vítima fatal, envolvendo Eduardo Pedrosa, sobrinho da deputada distrital Eliana Pedrosa. “Polícia não se faz sozinha. Precisamos da ajuda da comunidade, para avançar na investigação”, disse o delegado, após explicar que não pode nos atender na manhã de hoje.

Ao contrário das informações extra oficiais que publicamos esta manhã, Eduardo Pedrosa foi à delegacia no domingo (03) prestar depoimento acompanhado de seu advogado, Daniel Romeiro, mas segundo o delegado, entrou mudo e saiu calado.

Testemunhos – O delegado ressaltou a importância de que as possíveis testemunhas que têm comentado nossas reportagem procurem a polícia para dar depoimento. Até o momento, o inquérito não dispõe de nada que ajude na elucidação do que de fato aconteceu, já que os envolvidos estavam desacompanhados em seus carros. O laudo pericial, que deve sair após 30 dias é a única coisa que pode permitir algum avanço.

Conforme reportagem que publicamos na manhã de hoje, o Câmara em Pauta tem recebido denúncias de pessoas que dizem ter passado no local na hora da batida, mas há contradições entre os depoimentos. Reforçamos aqui o pedido do Delegado George Estefani, para que as pessoas procurem a polícia e ajudem no andamento das investigações.

O acidente – No último sábado (02), Eduardo Pedrosa se envolveu em acidente com vítima fatal, na ponte do Bragueto, sentido Sobradinho-Plano Piloto. A universitária Laís Cristina Pimenta Luiz de 21 anos morreu ao ter seu carro, um Escort, atingido por trás pelo Azera conduzido por Eduardo.

(Visited 1 times, 1 visits today)