Responsive Ad Slot

TITULO DA CAMPANHA

Japoneses usam cortina feita de pepino e plantas para fugir do calor

Postado por Simone de Moraes

2/07/2011 1:20



O verão começou esta semana e eles já sentiram que vai ser o pior dos últimos tempos. O acidente na usina de Fukushima reduziu a produção de energia no país e os japoneses terão que enfrentar as temperaturas altas sem ar-condicionado.

No Japão, os termômetros registraram as temperaturas mais altas da história em 23 cidades. Para enfrentar esse calor, os japoneses estão adotando uma solução simples e ecológica.
O verão começou esta semana no Hemisfério Norte e os japoneses já sentiram que vai ser o pior dos últimos tempos. Desta vez, eles terão que enfrentar as temperaturas altas sem ar-condicionado e fazendo mais exercício porque as escadas-rolantes estão desligadas. O motivo: o acidente na usina nuclear de Fukushima, que reduziu a produção de energia no país.
O jeito é substituir a tecnologia por métodos antigos, mas eficientes de enfrentar o calor. O velho leque e as sombrinhas estão mais na moda do que nunca, já a gravata foi abolida.

O esforço tem dado certo. Painéis nas estações de trem mostram que, com medidas como essas, o consumo de energia está bem abaixo do limite.
A prefeitura de Suginami, nos arredores de Tóquio, dá um gigantesco exemplo: uma cortina verde que terá, em breve, 28 metros de altura, feita de pepino e outras plantas que crescem agarradas à rede. Por enquanto, a cortina cobre só o primeiro andar, mas, no auge do verão, vai proteger todos os sete andares.
Uma representante da prefeitura conta que, no ano passado, foi feito um estudo para verificar os efeitos da cortina. Uma câmera termográfica, que mede a temperatura, mostrou que, na parte do prédio sem a cortina, o calor era de 40,5°C, sob a cortina, 32,9°C – uma diferença de 7,6°C.

Além de criar uma sombra refrescante, a cortina verde tem outra vantagem: produz alimentos. A colheita na prefeitura é feita uma vez por semana. E embora a cortina ainda esteja no começo, os pepinos já estão prontos para virar salada.

As prefeituras do Japão estão distribuindo mudas para a população, com instruções sobre como plantar a cortina. Os brasileiros Hélio e Ana já aderiram à campanha. A cortina deles ainda está no começo, mas eles esperam conseguir passar todo o verão sem ligar o ar-condicionado.

“Resolvemos fazer uma cortina verde para refrescar um pouco mais o ambiente e também colher algum legume, alguma verdura que a gente goste de consumir”, disse o tradutor Hélio de Moraes e Silva.
Alexandra De Nicola

(Visited 1 times, 1 visits today)